[Resenha] Era Uma Vez No Outono

- 18 maio 2018

Livro: Era Uma Vez No Outono
Escritor(a): Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Gênero: Romace de Época
Classificação:
Sinopse: A jovem e obstinada Lillian Bowman sai dos Estados Unidos em busca de um marido da aristocracia londrina. Contudo nenhum homem parece capaz de fazê-la perder a cabeça. Exceto, talvez, Marcus Marsden, o arrogante lorde Westcliff, que ela despreza mais do que a qualquer outra pessoa. Marcus é o típico britânico reservado e controlado. Mas algo na audaciosa Lillian faz com que ele saia de si. Os dois simplesmente não conseguem parar de brigar. Então, numa tarde de outono, um encontro inesperado faz Lillian perceber que, sob a fachada de austeridade, há o homem apaixonado com que sempre sonhou. Mas será que um conde vai desafiar as convenções sociais a ponto de propor casamento a uma moça tão inapropriada?| Skoob



















Há uns 3 meses atrás eu li Segredos de Uma Noite de Verão que é o primeiro livro da série As Quatro Estações do Amor, e eu amei demais o primeiro livro, fiquei muito ansiosa para conhecer o segundo livro, e comecei o mês de maio lendo o livro seguinte que é Era Uma Vez No Outono.

No primeiro livro da série conhecemos as 4 flores secas solteironas a procura de um marido, e no final do livro Annabelle consegue casar-se com um homem que ama, e nesse segundo livro é a vez da Lillian procurar um marido e vai ser contada uma história linda e engraçada da segunda flor seca que está a procura de um marido, mas não qualquer marido, tem que ser um que participe da aristocracia, pois seria muito interessante para sua família americana que Lillian case-se com um homem de título inglês, e com isso a família Bowman – Mercedes Bowman e Thomas Bowman, pais de Lillian e Daisy Bowman – vão para a Inglaterra passar a temporada nos aposentos dos Marsden, porém esses dias no território dos Marsden será horrível para Lillian que não suporta o conde Marcus Marsden, o Lord de Westcliff, e o conde tem a mesma repulsa pela primogênita dos Bowman.

Lillian Bowman tem tudo que irrita qualquer pessoa que segue as tradições e as regras de etiqueta, a Lillian come como quer, monta cavalo com uma perna de cada lado, ela joga rounders com os criados e se mete onde não é chamada, e graças ao seu jeito único de ser se mete numas confusões muito divertidas de ler. Uma das primeiras trapalhadas da protagonista foi que assim que chegou na residência dos Marsden, a mãe das Bowman ordena que elas fiquem no quarto e descansem, mas as duas decidem fugir e dar um passeio, até que encontram os empregados da casa jogando rounders e juntam-se a eles, mas elas não contavam que lord Westcliff aparece e já começam a se preparar para uma bronca, mas o conde a surpreendem ajudando Lillian numa jogada que ela teve dificuldade. O jogo acaba e eles decidem voltar para a casa, e acontece que lord Westcliff não se controla e beija Lillian como um cão faminto no quarto que dá acesso ao jardim, enquanto isso no mesmo cômodo estão muitos homens de negócio, entre eles Thomas Bowman, pai da protagonista. Nesse determinado momento do livro, eu morri de rir e me perguntava como iriam sair dessa situação, e claro já esperava pela próxima confusão.

OPINIÃO: O livro é narrado em terceira pessoa, e eu prefiro livros narrados em terceira pessoa, pois assim temos a oportunidade de sabermos o que se passa com todos os personagens simultaneamente.
Quando li o primeiro livro dessa série, eu amei demais a premissa de casal cão e gato, pois casais desse tipo acabam me tirando umas boas risadas, e apesar desse livro na sinopse deixar bem claro que os dois protagonistas feminino e masculino se odeiam, no livro não houve muitas cenas em que eles se espezinham, fazendo com que eu goste menos desse livro.
Outro ponto que fez eu gostar menos desse do que do primeiro, foi que esse livro focou apenas no romance dos protagonistas, eu sei que gênero do tipo romance tem que ter a história se passando em grande parte com um pano de fundo romântico, mas em toda e qualquer história, sempre tem um pouquinho que seja de um segundo tema, e nesse livro eu senti falta de outra história para ser contada.
Terceiro ponto negativo da história foi que, quase no final do livro a Lillian é sequestrada (isso é um pequeno spoiler, mas não se assustem isso não mudará em nada quando for ler o livro) e o resgate foi muito rápido, eu queria mais aventura, e roer mais as unhas de aflição, mas umas 2/3 páginas após o sequestro ela já é resgatada e tudo bem.
Um ponto positivo do livro é que a protagonista é uma personagem muito a frente do seu tempo – dentro das condições da época claro – e foi muito interessante ver as partes em que ela não aceita nenhum homem e nem ninguém decidir como será o seu futuro, e isso fez eu amar a Lillian.
Segundo ponto positivo é que o livro tem uma leitura muito leve e bem fluída que quando você vê já leu bastante páginas e nem percebeu, por conta da escrita fácil da autora. E mesmo gostando menos desse livro que do primeiro, eu dei a mesma quantidade de estrelas, pois o livro me prendeu bastante e terminei muito rápido a leitura. Eu indico esse livro para todo mundo que ama um romance de época e que gosta de ver protagonista femininas fortes e independentes.

4 comentários:

  1. Com Cannes em andamento e minha total dedicação ao Festival, estou sem tempo para ler absolutamente nada, mas vou anotar a dica!

    https://clebereldridge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nívea,

    Eu gosto muito da Lisa Kleypas, li a outra série dela de romance de época e foi tudo de bom. Estou bem curiosa pra conhecer a série das estações.
    Gostei de saber que a personagem é a frente do seu tempo, acho que isso mostra força e independência.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha! Sem dúvida alguma !!! Se tiver oportunidade tenho que ler <3
    Beijinhos

    pimentamaisdoce.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. Oi, Nívea!
    Eu amo a outra série da Lisa e estou louca para começar a ler essa. Só arranjar um espacinho na tbr.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Olá, eu amo ler seus comentários, deixem a opinião de vocês que responderei em breve :)