[Resenha] Os 13 Porquês

- 20 novembro 2017

Livro: Os 13 Porquês
Escritor(a): Jay Asher
Editora: Ática
Classificação:
Sinopse: Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.|Skoob
















As vezes falamos algo sem querer e sem imaginar as consequências daquelas palavras, as vezes podemos até pensar "são só palavras, não machucam", e pode ser que realmente não machuquem, mas essas palavras geram consequências, e, as consequências sim podem machucar. E o que Os 13 Porquês me fez ver que, as palavras elas tem muita influência sobre nós, e que o mal uso delas pode gerar situações graves e irreversíveis.

Hanna Backer suicidou-se, e houve 13 motivos para que isso acontecesse, e antes de morrer, a Hanna grava em fitas, as 13 razões que levaram ela a tirar sua própria vida, e essas fitas estão destinadas a passarem para 13 pessoas ouvirem, 13 pessoas essas que estão envolvidas em cada motivo.

Eu nunca tinha lido histórias de suicídios antes desse livro, apesar de ter muitas recomendações. E mesmo sem ler outros livros sobre este assunto, eu não tenho dúvidas que esse livro é o que melhor retrata este tema, pois não é o suicídio em si que me chamou atenção nesse livro, e sim os motivos que a levaram a esse ato, os motivos são tão reais e a cada vez que eu lia um motivo eu me sentia tão na pele da personagem, pois os motivos são coisas do dia a dia que fazemos com pessoas que nos cercam e nós não percebemos o quanto aquilo afeta aquela pessoa, e você lendo o livro, você percebe que em algum momento você já passou ou já presenciou, ou até mesmo, praticou uma dessas ações contra alguém.

Esse livro me fez chorar capítulo por capítulo, e eu pretendo lê-lo novamente pois foi uma história comovente, e além do mais, é uma lição de vida, eu recomendo muito esse livro, e para quem está passando por algo parecido, não tome a mesma atitude da Hanna, procure ajuda, diga o que está sentindo, e procure confiar na sua família, não ache que esse fim é o melhor fim.

9 comentários:

  1. Olá!

    Também nunca li nada sobre essa temática, mas tenho muito vontade de ler. Mesmo sendo um assunto delicado e triste, acho necessário ler sobre isso.
    Ainda não tive a oportunidade de ler este livro, mas vi a série, e sei o quanto é angustiante ver tudo que a Hanna passou.

    Enfim, adorei a resenha!

    Beijão
    Cantinho da Escrita

    ResponderExcluir
  2. Olá Nívea tudo bem? Amei conhecer seu blog e já estou seguindo.
    Gostei muito dessa sua resenha, já tinha visto o livro mas não tinha interesse nele até ler esse post. Fiquei bem curiosa e acho uma leitura válida. Já anotei na minha lista. Parabéns :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Nívea!
    Esse livro salvou a minha vida, literalmente. Amo demais ele e até hoje nunca consegui resenhá-lo
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  4. Olá Nívia, seu blog é super fofo, Já estou seguindo. :) Eu ainda não li, mas quero ler, pois realmente é um tema para se refletir. Quero recomendar dois livros para você que gostei e também retratam sobre o assunto, já que esse foi o único que leu. Eu estive aqui da Gayle Forman e Por lugares incríveis da Jennifer Niven. Bjs

    https://raposinha-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michele, obrigada! Eu já ouvi muito falar sobre Por Lugares Incríveis e está na minha lista de leitura a quase um ano, só estou esperando a oportunidade para comprá-lo mas lerei em breve.

      Excluir
  5. Oi, Nívea tudo bom? Apesar de não focar no suicídio, O Vendedor de Sonhos do Augusto Cury, tem uma situação de suicídio no início do livro que faz toda uma desconstrução do porque a pessoa quer se matar e eu acho que isso é muito melhor abordado lá, mas também já li os 13 Porquês e também achei bom, mas ele pode despertar o gatilho, minha amiga leu jovem e se cortou. É um livro que para jovens e talvez até adultos, pede um acompanhamento pra que não se entenda errado a mensagem que o autor quis passar. Mas como você disse no final é uma história comovente e uma lição de vida, então vale a pena conhecer sim. Ótima resenha.
    Abraços
    https://byangelaserrano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angela, obrigada pelo comentário! O que você disse tem toda razão, é um livro que aborda sobre algo importante mas para alguém com algum desequilíbrio psicológico pode acabar sendo um empurrão para o precipício.
      Já anotei aqui na lista de leitura e lerei O Vendedor de Sonhos assim que possível.
      Sinta-se bem-vinda para voltar quando quiser.

      Excluir
  6. Eu nunca li o livro, mas assisti a adaptação para série e achei maravilhosa!
    Mais pessoas deveriam ler (inclusive eu), esse livro.

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  7. Oi Nívea,
    Não li o livro mas assisti a série de TV e acredito que ela foi bem adaptada (pelo menos assim espero). Gostei muito e pelo mesmo motivo que você citou, por termos um embasamento por trás de tudo. Realmente é estranho se pensarmos que isso acontece realmente, algumas situações que a protagonista viveu eu mesma passei na minha adolescência, claro que não as mais cruéis (que chega a dar pena), mas realmente se as pessoas pensassem um pouco mais nos outros teriamos um lugar melhor para viver. Gostei da resenha uma ótima indicação.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá, eu amo ler seus comentários, deixem a opinião de vocês que responderei em breve :)